quarta-feira, 7 de março de 2007

A foto é Edna Ezequiel, 29 anos. Sua filha Alana, 12, morreu
atingida por uma bala perdida, no morro dos Macacos,
zona norte carioca.
A imagem foi captada por Marcos Tristão/Agência Globo.


« é dia de maria... »

sylvia cohin


Como se das marias não fossem todos os dias...
Talvez por isto, não queira falar de Mulher e sim, para as marias,
iguais em qualquer parte do planeta, não importa a cor,
a nacionalidade, o cariz social ou o nível de instrução.
Maria é maria, em qualquer lugar. Maria é Dor e Amor.
Que me perdoem as outras,
mas hoje quero falar de uma certa maria...
"maria-velha"
"maria-besta"
"maria-branca"
"maria-é-dia"
"maria-judia"
Nenhuma é santa, mas... resta saber...
Porque besta, ‘velha’, ‘judia’,
ou luminosa como a luz do dia, sempre há maria,
e ninguém contesta, pelo que vê...
"maria-de-barro"
"maria-rita"
"maria-da-toca"
"maria-preta"
"maria-da-serra"
"maria-seca"
Sem sobrenome, muito pobre ou muito nobre, como quiser...
Às vezes, Maria seca, e a vida toca, a serra 'desce',
pode ser preta, amarela, também de barro e até aflita,
mas... de Ser Mulher, nunca se esquece...
"maria-vitória"
"maria-rosa"
"maria-farinha"
"maria-isabel"
"maria-nagô"
"maria-rendeira"
Quisera contar de cada maria a história
camuflada em cognomes...
Tem maria princesa, flor, escória,
que a vida quando não mata, espezinha, e até 'come'!
E se um dia bem amou, maria é também parideira...
"maria-cadeira"
"maria-da-mata"
"maria-mole"
"maria-chiquinha"
"maria-mijona"
"maria-fumaça"
Tanta mulher camuflada, parece até brincadeira...
mas não se pode esquecer: se há uma que desacata,
o mundo enfrenta, outra é mais fraca e sem raça...
"maria-mulata"
"maria-vai-com-as-outras"
"maria-sem-vergonha"
"maria-faceira"...
Essas marias-mulheres, de tanta versatilidade,
são uma Pátria (e nem sabem!), canteiros de miscigenação,
sem preconceito, são Mulheres por Opção,
mistura de utopias e verdades...
Sobretudo fêmeas em qualquer situação,
mascaradas no encanto desta multiplicidade,
é assim, esta "maria-brejeira", atualmente,


aprendiz de guerrilheira...
a Maria-Brasileira!

SYLVIA COHIN
Para o Dia Internacional da Mulher,
08 de Março de 2007

9 Comments:

Blogger Zé Carlos said...

Sylvia querida, para uma data tão especial, mais uma vergonha nacional.....
Esperar o que?
Com que as mulheres podem sonhar?

Lindo seu trabalho... bjs do ZC

7 de mar de 2007 23:15:00  
Anonymous Anônimo said...

Bloguei seu poema.
Mas aqui, com esta foto, ele dói muito mais. Um abraço,
Ana Suzuki

8 de mar de 2007 00:55:00  
Anonymous Rosa Peixoto Teixeira said...

Chére Syl
J'ai aprecié enormement ton hommage aux femmes,malheureusement si souvent bléssées dans leurs corps et dans leurs âmes, il en'a plus de ce qu'on pense et cela à tous les niveaux de la société quels qu'ils soient.J'ai un pincement au coeur quand je pense à elles et aussi aux hommes qui sont batus, maltraités(il n'a pas que les femmes) c'est une chose qui me répugne et me révolte pour tous ceux qui se trouvent dans ces cas je ne puis leur conseiller de ne pas se laisser faire demandez de l'aide à des organisations ou à quelqu'un qui pourrait vous aider dans ces démarches,ce n'est pas facile mais on'est pas des marionettes dans les mains des bourreaux!!!Des hommes ou des femmes qui maltraitent ainsi leur prochain, n'en valent pas la peine!!!
J'arrete ici,Syl sinon j'ecrirais un livre rsrsrsrs.Mais quand on parle de ce sujet ça me touche enormément.
Bisous Rosa

8 de mar de 2007 09:12:00  
Blogger lena said...

SYLVIA COHIN, Poeta, por inteiro

o poema toca e deixa marcas, deixa as lágrimas rolarem e sentir o amargo da vida

Maria-Mulher, hoje e sempre, mas sem este sofrimento que dói tanto


o seu Poema e no Dia Internacional da Mulher, é um grito dentro de uma homenagem

dói! mas está lindo este momento que partilhou


abraço-a com ternura, Poeta

beijinhos e uma rosa para si

lena

8 de mar de 2007 16:37:00  
Anonymous Anônimo said...

Minha mana querida
Como sempre, sua sensibilidade, inspiração e carinho deram o toque mágico a poesia.
Nada a acrescentar, apenas deixo aqui os parabéns pelo nosso dia e de todas as Marias.

Te amo

Vera Vilela
http://www.encantandotempo.blogspot.com

8 de mar de 2007 18:46:00  
Blogger A.S. said...

A mulher é a substância de todas as coisas!...

Um abraço...

9 de mar de 2007 10:34:00  
Anonymous rosa maria said...

Sem palavras...

10 de mar de 2007 18:21:00  
Blogger Da Casa da Mathilde said...

A poesia em toda a sua magnificência no sentir de uma "guerrilheira brasileira". Quando ela brota da alma de uma mulher, como um hino, com esta força e com tão sublimes palavras só podemos ficar rendidas.
Bem hajas Poeta!
Beijinhos

11 de mar de 2007 21:06:00  
Anonymous Cleide Canton said...

AH, Maria SYLVIA!!!!!
Entre todas as Marias, você só floresce!!!!!!!

13 de abr de 2007 14:21:00  

Postar um comentário

<< Home