quarta-feira, 14 de maio de 2008

(Em resposta a "Vendo e Ouvindo Estrelas" de Gui Oliva)

De Estrelas... Bilac... e Gui...

Sylvia Cohin

O morse misterioso das estrelas
e o encanto que exercem nas pupilas,
fazem crer que impossível é não vê-las
e difícil, viver e não ouvi-las!

E aqueles que ao Poeta chamam louco
julgando que o seu verso é só delírio,
jamais olharam o céu e muito pouco
entendem das estrelas e seu círio!

Pois louca, só permito que me chame,
quem como eu, perambula pelas quinas
das estrelas, e tem no olhar o enxame
de luz, que faz brilhar suas meninas!

SYLVIA COHIN

Respeite o Direito Autoral


Marcadores: , , , ,

5 Comments:

Blogger Zé Carlos said...

Ficaram lindos seus poemas aqui Sylvia.....
Um beijo grande, durma bem que aí já é tarde !!!
Zé Carlos

14 de mai de 2008 23:32:00  
Anonymous GUI OLIVA said...

Melhor do que ver e ouvir estrelas é ainda conviver com elas... que seja apenas uma...mas que tenha coração de estrela e alma de Poeta... Syl a amiga, a Poeta Sylvia Cohin é assim... alma de Poeta, a partir do coração brilho de estrela, e seus raios iluminados chegam até a mim... Ela está aqui e está ali, também está lá, como em todo lugar...luz radiante e eu também então, onde ela em versos cantar, estarei a olhar, atenta a escutar, e especialmente aprendendo a viver. Sorvam este DE ESTRELAS...BILAC...e Gui de SYLVIA COHIN. Beijos estrelados, como sugere a Poeta. Gui

15 de mai de 2008 12:20:00  
Blogger Ana Maria said...

Linda poesia.
As estrelas enfeitam a nossa
noite sonhadora.
1000 beijinhos

16 de mai de 2008 11:44:00  
Anonymous Edna Feitosa said...

Menina poeta

Fiquei um tempão lendo seus poemas! De onde vem tanta inspiração? De um coração rico em bondade, romantismo, fantasia, VIDA!!!
Vc é demais, Sylvia!
Um abração, querida!
Edna

22 de mai de 2008 17:47:00  
Anonymous Rosa said...

Ma trés chere Syl
La beauté d'un ciel étoilè,est comparable à une Poéte que irradie sa lumiére à travers ces poêmes...
Bravo!!!Encore une fois tu nous offre des beaux joiaux étincelants.
Je t'embrasse trés tendrement.
Rosa

25 de mai de 2008 06:45:00  

Postar um comentário

<< Home