terça-feira, 16 de novembro de 2010


« A Dimensão do Tempo »


Fernando Peixoto


Porque não pára o tempo

quando estás ao meu lado?

É tão curto o tempo para te ouvir ...

Depois há os teus olhos

em que paro

nesta longa viagem ao interior da tua sedução

e de onde não me apetece partir...

Ah se eu pudesse suster os relógios

ficaríamos assim

de mãos dadas por toda a eternidade

um período demasiado exíguo

para a dimensão enorme do tempo deste amor.


FERNANDO PEIXOTO

Marcadores: , , ,

6 Comments:

Anonymous Michèle said...

... e o tempo também torna-se eterno para os grandes mestres da poesia, eterno no nosso pensamento e no nosso coração. E a gente sempre vai aplaudir a sua bela obra que a cada dia fica mais bonita. Michèle

18 de nov de 2010 09:08:00  
Anonymous Anônimo said...

Syl, nem preciso repetir que ler Fernando, assim como ler você me proporciona um prazer imenso. E penso na maravilha que é podermos registrar esses momentos e reparti-los. Lembro-me de quando eu escrevia, lia, relia e jogava fora... Então, agradeço a Deus e a todos aqueles que contribuiram e contribuem para que possamos repartir a poesia. Uma dádiva!
Beijos
Cleide

18 de nov de 2010 10:54:00  
Anonymous Gilda Neves said...

silvia, é meia-noite, aqui lendo o poema de fernando que me transportou pra outra realidade. que "inveja saudavel" sinto de vcs! te digo q em outra encarnaçao venho poeta pq é muito lindo, é divinooooooooooooo. bjus muita paz. Ahhhhhhhhhh deixa um poema seu para eu publicar na revista e nao esqueça q vc deve escrever um artigo sobre poesia para a revista q abracei. gilda

18 de nov de 2010 12:12:00  
Anonymous Gloria Guedes said...

Oi Syl minha amiga,
Que texto lindo este do Fernando. Aliás tudo que eu já li sobre o que ele escreve sobre o tempo é maravilhoso.
Que coerência a imagem que você usou. Linda!
Beijos e meu carinho

Glorin

19 de nov de 2010 21:42:00  
Blogger Malu said...

Lindas poesias...
Belas imagens também.
Um bom gosto e qualidade presentes aqui.
Parabéns!!!
Um abraço

9 de jan de 2011 09:46:00  
Anonymous maria eduardo said...

Que linda poesia!....
Vou visitar o seu Blog mais vezes.
m.eduardo

22 de nov de 2011 21:14:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home