sábado, 5 de junho de 2010


« Um Breve Suspiro »


Sylvia Cohin


Tão sábio o Tempo que não se repete,
guarda consigo o ciclo dos encantos
que de vividos,
fazem-se tantos,
sem que com isso a alma se aquiete.


É que no peito há sempre bem guardado
algum amor que já se fez passado
e de tão forte,
mesmo embaçado,
mantém-se vivo até depois da morte.


Tão sábio o Tempo, não lhe dá ouvido.
Caminha alheio, tão despercebido
que sem aparte,
sem alarido,
é mero palco, onde destarte,


Tudo é apenas um breve suspiro
dum Tempo que ofegante, eu transpiro.
E não importa
se descortino
quanto é fugaz, e sigo quase absorta,
enquanto o Tempo escreve meu destino.

SYLVIA COHIN
Brasil, 05 de junho de 2010

Imagem: Gustavo Fernandes – Pt

Marcadores: , , ,

8 Comments:

Anonymous Cleide Canton said...

Querida Syl
Você, como já se tornou comum, nos brinda com a excelência deste seu poema. Difícil encontrar poetas tão precisos nos seus argumentos,tão objetivos nos seus no seus temas, tão encantadores nos seus conteúdos e nos seus fechos. Nota máxima para você, pela capacidade de usar a palavra como arte, a harmonia entre elas como ideal e o seu "todo" com a preocupação única de edificar a poesia. Para você, só aplausos!
Beijos
Cleide

6 de jun de 2010 12:36:00  
Blogger Efigênia Coutinho said...

Sylvia Cohin, recebo seus belos versos ao meu Grupo, e fiquei comovida em poder ler sua boa poesia, meus cumprimentos a poetisa,
Efigenia Coutinho

7 de jun de 2010 12:11:00  
Blogger Rosamaria said...

Sylvia, tenho inveja dos poetas, porque conseguem passar tudo o que a alma sente em poesia. Como tu, cosquirídia.
Bjim.

16 de jun de 2010 22:02:00  
Blogger Rui Pais said...

O sucesso alcança-se a partir duma base sólida numa conduta elevada. Rui Pais

Este é o Teu caso Amiga Syl conforme o atesta a Tua Poesia…

Para atingir a perfeição não existe um tempo próprio, existe uma eternidade adaptável a cada circunstância. Rui Pais

A Tua Alma neste Teu Blog CHAVE DA POESIA identifica-te nesse caminho iluminado…

É sempre com imensa curiosidade e particular interesse que visito o Teu SALÃO DE POESIA

Um abraço de parabéns de Teu Amigo
Rui Pais

22 de jun de 2010 16:59:00  
Blogger Mary said...

Syl querida,
Obrigada pelo karinho!
Vc é um amor mesmo!
É sempre bom
estar nesta casa maravilhosa, viu!
Parabéns,Um breve suspiro... é maravilhoso,lindo demais!
Beijokas e o meu karinho!
Mary Trujillo

28 de jun de 2010 19:26:00  
Anonymous Regina Coeli said...

Tão querida Sylvia Cohin,

Esse teu Tempo é o certo, pois dele vem, certa, a tua mágica poesia.

Respeito e Carinho=Amizade

Regina Coeli.

14 de jul de 2010 10:12:00  
Blogger Mary said...

Syl amada,
Aqui estou novamente.
Estar neste seu cantinho...
é sempre bom demais...
Aqui... respiro poesia,
e, poesia da melhor qualidade!
Obrigada, minha amada...
pelo karinho sempre tão gostoso!
Beijokas e um lindo finde!
Mary Trujillo

17 de jul de 2010 19:01:00  
Blogger Rosa Brava said...

Lindo!
Adorei entrar aqui de novo!
Quanta saudade da sua Poesia!
Bjinho

23 de jul de 2010 10:10:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home