domingo, 2 de maio de 2010


« À DERIVA... »


Sylvia Cohin


Flanar imune à voz d'alguns conceitos
- algemas e mordaças tão mesquinhas -
que vendem por aí como ‘insuspeitos’,
e destapar ‘verdades’ tão daninhas.


Avanço, e sem temer, trespasso grades,
liberta como quem o Céu devassa.
- Que bem longe esteja do Reino de Hades! -
E resoluta, eu nego o que é fumaça.


Quero no leito manso do Confim,
o coito co'essa Luz que tanto exalto!
E a salvo das ‘premissas de festim’,
ouvir a voz serena de outro Arauto.


Buscar essa Verdade, mesmo crua,
que a dormitar me instiga, tão esquiva,
e assim difusa, incita seminua,
caminha por aí... solta... à deriva...


Gestar certezas é tarefa dura,
bosque de erros que me desafia,
portanto, eu flano sempre à procura,
como quem caça... a caça que porfia!

Sylvia Cohin


Marcadores: , , , ,

4 Comments:

Blogger Eliane Gonçalves said...

Querida amiga,
Nem sei o que escrever, pois mais uma vez seria repetitiva.
Ler os seus poemas me faz refletir sobre a vida e me encantar com a vida.
Seu universo linguístico é elegante, culto e maduro.
Beijinhos

2 de mai de 2010 19:54:00  
Anonymous Ógui Lourenço Mauri said...

Querida amiga Sylvia,
Navegar por este recanto cultural -- um Espaço de realce no mundo literário da Net -- é para mim, antes de tudo, um aprendizado. Você reúne, aqui, um acervo literário que encanta, a par de nos mostrar muito bom gosto e ingredientes visuais e sonoros que completam tamanha excelência.
Meus aplausos em pé!
Aproveito a oportunidade para, já com algum atraso, agradecer sua visita a meu despretensioso Blog "Palavras do Coração" e o lindo recadinho ali deixado.
Meu carinho!
Ógui L. Mauri

3 de mai de 2010 13:45:00  
Blogger Mary said...

Syl querida,
Adorei seu poema
À Deriva...
Simplesmente, maravilhoso
Gosto demais de tudo
o que vc escreve...
Pois sua sensibilidade é impar!
Parabéns Grande Poeta!
Aproveito a oportunidade...
Para agradecer o seu
karinho deixado no meu Blog
Sou Poesia.
Um beijo imenso da amiga
de sempre,
Mary Trujillo

3 de mai de 2010 16:09:00  
Blogger Fernando Peixoto said...

Querida Sylvia,

À deriva, à procura, mas sempre vivendo...intensamente, exigindo aquilo que se pensa, sonha ou idealiza mas que, todavia, sempre se merece.
A genialidade ao rubro...

Um abração sentido.

14 de mai de 2010 10:53:00  

Postar um comentário

<< Home