domingo, 18 de dezembro de 2011

« ENTRE LAÇOS »
Sylvia Cohin

Quando o elo de um abraço
rodeia o corpo da gente,
faz-se um nó que tece o laço
da ternura que se sente...

Abraço é um gesto que enleia,
faz do abstrato, concreto;
agita o sangue na veia,
sinal que revela afeto.

Que não falte em nossa vida
esse rito (que anda escasso),
que o bem-querer consolida
e abranda tanto o cansaço!

Entre presentes e laços
- sofreguidão natalina –
que o calor de mil abraços
seja a única rotina...

E entregues ao Entrelaço
duma amplitude global,
descansemos no regaço
dessa Noite de Natal.

SYLVIA COHIN
Brasil, Natal de 2011

Marcadores: , , , , , ,

3 Comments:

Anonymous Vera said...

Meu Deus que alegria!!
Beijo

24 de dez de 2011 14:58:00  
Anonymous Regina Coeli said...

Sylvia Cohin,

Já vou vivendo um Natal
com desenho do meu traço
- carinho e amor fraternal
na amplitude de um abraço.

Junto ao teu meu coração
num sentir abençoado
e em manifesta emoção
de caminhar ao teu lado,

te vendo caiar o verso
do branco que acende a lua
ou no tom rico e diverso
de uma poesia só tua.

Abraço carinhoso de
Regina Coeli/RJ.

2 de nov de 2012 18:58:00  
Anonymous Regina Coeli said...

Sylvia Cohin,

Já vou vivendo o Natal
com desenho do meu traço
- carinho e amor fraternal
na amplitude de um abraço.

Junto ao teu meu coração
num sentir abençoado
e em manifesta emoção
de caminhar ao teu lado,

te vendo caiar o verso
no branco que acende a lua
ou no tom rico e diverso
de uma poesia só tua.

Abraço carinhoso de
Regina Coeli/RJ.

3 de nov de 2012 15:08:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home