quarta-feira, 22 de março de 2006

PRIMAVERA... Talvez


despontou a Primavera
com seus olhos raio-de-Sol
e acordou em mim a esperança
de Ser
flor silvestre em campo aberto
beijo de andorinha ao romper da aurora
pássaro novo a entoar doces melodias de encantar
borboleta cor de mar e de aventura


de Ser
criança que brinca na ilusão do tempo
arco-íris feiticeiro que transforma
a noite
a invernia
em festa, em alegria



despontou a Primavera
com seus olhos raio-de-Sol
e acordou em mim a esperança
de Ser
simplesmente
um sonho, uma quimera


… Talvez a
A Primavera




JMCouto (Março 2006)

3 Comments:

Blogger Poesia Portuguesa said...

"...flor silvestre em campo aberto
beijo de andorinha ao romper da aurora..."
... e, a Primavera aqui tão perto...

Um belíssimo momento, que gostei particularmente ;)

22 de mar de 2006 12:12:00  
Blogger Menina_marota said...

A Primavera das nossas vidas...num belo poema. Gostei.
Abraço ;)

22 de mar de 2006 12:45:00  
Blogger De Amor e de Terra said...

Talvez a Primavera...
Poéticamente belo; gostei muito.

Um abraço da

Maria Mamede

27 de mar de 2006 09:30:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home