quarta-feira, 15 de março de 2006

SOU A POESIA

Sou deleite sutil, eu sou mistura
de emoções que em rimas se sucedem.
Vestindo na palavra a forma pura,
desenho o cálido perfil do Éden...
Sou vaidosa, ardente, feiticeira,
dos poetas sou magia e sedução,
com mil vozes sou divina cantadeira
que confunde o pulsar do coração.

Sou a eterna musa apaixonada
galopando em versos, atrevida,
partindo por aí em desfilada
na garupa dos mistérios desta vida!
Sou profunda, meu mergulho é abissal
no ponto extremo onde se acaba a luz.
Sou a coragem que se reza no missal,
sou tudo aquilo que o sentir seduz...

Palavra reta que nunca se amofina,
sou inefável mesmo quando instigo.
Eu sou dos desesperos a morfina
e sou dos descalabros o castigo.
Fonte do instinto e da loucura,
de tão afoita me querem por à margem
pelo incômodo que causa esta bravura
de vencer a censura com coragem!

Pouco me importa se me fecham portas
meu canto mágico abre os corações
rompe sentimentos e comportas,
e o tônus libera às emoções!
Sou dos amantes a suave algema,
e a Ternura visto de magia.
Morto o poeta, rasgado o poema,
a Vida ainda em versos eu cingia!
Não se extingue a Vida da Poesia!

SYLVIA COHIN

10 Comments:

Blogger Vera Vilela said...

Muito bem , muito bem!
Não se extingue a Vida da Poesia!
A poesia vive em cada célula viva. Nunca se extingue.

Beijo e beijo!

15 de mar de 2006 19:56:00  
Anonymous Anônimo said...

Mostrou a "cara", minha amiga. É exatamente isso e o tempero que você usou é de muita qualidade.
Beijos
Cleide

15 de mar de 2006 20:12:00  
Anonymous Emilia said...

Tu és uma linda poesia, aninhada na alma de um grande poeta rsrsrsr
onde desenhas tuas rimas e bordas de lantejoulas coloridas os teus mais versos!!!
Ia sair rsrsr , mas num resisti!!!!comenteiiiiii

15 de mar de 2006 20:30:00  
Blogger De Amor e de Terra said...

E VIVA a POESIA!!!

Muito belo Irmã; muitos parabéns.
Ficou maravilhoso.

Beijosssssssssssss

Maria Mamede

16 de mar de 2006 07:42:00  
Anonymous Vera Mussi said...

Syl minha irmã ... " o seu canto mágico abre os corações" ... parabéns ! Gosto muito dos seus versos e mais ainda do seus enredos românticos..
Beijos
Vera Mussi

16 de mar de 2006 15:19:00  
Anonymous RosaTeixeiraBastos said...

Muito bem, Amiga!
Um beijo

19 de mar de 2006 00:46:00  
Blogger amita said...

Belíssimo! Onde andavas tu bem escondida se da Poesia vestes a Vida?
Um bjinho grande, amiga, e uma flor

19 de mar de 2006 20:06:00  
Blogger ☆Fanny☆ said...

Viva a poesia e abençoados poetas que nos aconchegam o coração.

Deixo aqui um poema que fiz dedicado ao POETA...espero que gostes Sylvia!

Há muito que ouço falar em ti, mas hoje quando descobri o teu blog, não resisti em entrar...

"O POETA
*Fanny*

O poeta tem alma de pássaro...
voa solitário pelas sendas do arco-íris
pinta com flores de sonhos as amarguras do coração
desenha Primaveras nas tempestades da Razão.

O poeta tem olhos doirados de saudade...
penetra no horizonte das lembranças
acarinhando ausências...florescendo esperanças
nos jardins perfumados do pensamento.

O poeta tem a voz dos anjos, suaves melodias
plumas de amor esvoaçantes de magia
afagando tristezas, acolhendo ternuras ao vento

O poeta semeia beijos e abraços
multiplica desejos... alivia cansaços
escreve versos...poemas...estrelas rimadas
luzindo nos passeios secretos das madrugadas."


Um abraço florido de Primavera*

Fanny

23 de mar de 2006 18:32:00  
Anonymous Rui Pais said...

Amiga Sylvia Cohin e Fernado Peixoto
Acabei justamente de ler A MORTE DO POETA e SOU A POESIA de vossa autoria, o que o fiz com grande satisfação, pois em vossa poesia sempre encontro nobreza de sentimentos, acomulado com grande saber, esses motivos são subejamente suficientes para ler vossos poemas!
Como sempre fiquei muito satisfeito achando este vosso espaço exemplar!
rui pais

24 de mar de 2006 17:25:00  
Anonymous femme said...

amei esse poema,além de lindo traduz em palavras sentimentos....

10 de jan de 2007 17:16:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home