segunda-feira, 23 de abril de 2007

« A FLOR DE ABRIL »

Fernando Peixoto

Com flores, com perfumes, com canções,
com crianças correndo na avenida,
com lagartas, chaimites e canhões
e um cravo na G-3 gritando vida,

com os peitos arfando, e os corações
batendo de alegria desmedida,
subiam e desciam multidões
respirando a manhã reaparecida.

O corpo do meu povo estremeceu
ao ver a Liberdade ali, à mão,
como uma flor que, súbito, aparece.

E a flor da Liberdade, então, colheu,
colocando-a bem junto ao coração
para que Abril ali permanecesse.

FERNANDO PEIXOTO
Portugal, 24 de Abril de 2007

grandola.vila.morena_zeca.afonso.wav


10 Comments:

Anonymous Rosa Peixoto said...

Cher Fernando
Comme les annés passent!!!
Je n'ai pas vécu cet evénement,je venais d'arriver em Bélgique depuis peu,je l'ai su par les médias.Mais l'anné passé ils ont donné une emission à la television française sur la;Révolution des oiellers,et lá j'ai vraiment suivi pas a pas le déroulement de ce changement radical,dans notre país...
Avec ça je me suis perdu dans mes souvenirs,et j'oubliait presque de te dire que tes vers sont magnifiques et émouvants...
Gros bisous....Rosa

24 de abr de 2007 08:22:00  
Blogger Tere said...

Já li vários textos referentes à data, mas este está, incontestavelmente, entre os melhores. Parabéns e obrigada à Sylvia Cohin, por enviá-lo. Abraços de admiração...Tere

24 de abr de 2007 10:35:00  
Anonymous Vera said...

Querido poeta Fernando Peixoto

Seus versos estão carregados de emoção ...e a voz do coração se ouve aqui !

E a flor da Liberdade, então, colheu,
colocando-a bem junto ao coração
para que Abril ali permanecesse.

O meu aplauso e admiração ao profundo senso poético LIBERTADOR !

Abraços e o meu agradecimento a SYLVIA pelo envio da bela mensagem !

Vera Mussi

24 de abr de 2007 11:28:00  
Blogger Zé Carlos said...

Querido Fernando Peixoto, sua emoção sente-se daqui do Brasil. Este sangue que pulsa em suas veias é o nosso também e desejamos que seja um eterno pulsar....
Abraço

24 de abr de 2007 17:35:00  
Anonymous RosaTeixeiraBastos said...

Belíssimo!

24 de abr de 2007 18:32:00  
Anonymous joaquim said...

A flor da liberdade ainda não morreu em ti Fernando. parbéns e um abraço.

25 de abr de 2007 15:13:00  
Anonymous angelica said...

Oi amiga poetiza do Zé Carlos
aprendi a te admirar pelo nosso amigo em comum e tambem amo Portugal a bela cidad de Castelo Branco parabens pelo blog
Sou de Uberaba terra doZebú da espiritualidade e tambem de grandes poetas Mario Prata Mario Palmerio
Fica com Deus
Angelica

1 de mai de 2007 01:22:00  
Blogger Bruxinhachellot said...

Perfume de liberdade, pétala de sonho. Uma flor que encanta.

Beijos de ar.

1 de mai de 2007 16:14:00  
Anonymous Rosa Maria said...

O poema está lindo...Como é normal, por aqui!
Fica um beijo

2 de mai de 2007 10:12:00  
Anonymous Anônimo said...

Felicidades Poetisa del amor, feliz pelas actualizaciones adorei tudo, carinhos.
Siby

23 de jun de 2007 19:24:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home